fechar

Saiba como utilizar as notas tiradas em edições anteriores do Encceja

Se você já participou de edições anteriores do Encceja e agora quer saber como foi seu desempenho, basta acessar o portal de divulgação de resultados. Para isso utilize seu CPF e a senha cadastrada no ato da inscrição. No caso de candidatos que estão privados de liberdade, quem deve acessar o site para verificação são os pedagogos das unidades. O candidato que já está livre pode acessar o site e recuperar a senha para poder ficar por dentro de todas as informações.

O candidato pode aproveitar os resultados de uma ou mais áreas de conhecimento avaliadas em edições anteriores do Encceja para fins de certificação. Basta apresentar a declaração em uma unidade certificadora comprovando assim a eliminação de uma ou mais matérias curriculares.

Saiba como utilizar as notas tiradas em edições anteriores do Encceja

Quem participou do ENEM entre 2009 e 2016 e não obteve a pontuação necessária, poderá se inscrever no Encceja e tentar aprovação na área de conhecimento desejada para obter a certificação.

O candidato participante do Encceja Nacional ou responsável pedagógico devem contatar a Secretaria Estadual de Educação para solicitar o Certificado ou a Declaração de competência.


É de competência das Secretarias Estaduais estabelecer os procedimentos complementares para certificação, com base nos resultados do Encceja, e certificar seus participantes.

Uma regra muito importante é que os menores emancipados não podem solicitar a certificação por meio do Encceja conforme parágrafo único do Art.6º da Resolução CNE/CEB nº 03, de 15 de junho de 2010[1] Anexo V. (O direito dos menores emancipados para os atos da vida civil não se aplica para o da prestação de exames supletivos).

Aos interessados em obter o Certificado do Ensino Médio, o participante deve alcançar em cada uma das provas objetivas no mínimo o nível 100. A prova de Redação será aplicada junto à prova de Linguagens, Códigos e suas tecnologias. Para obter proficiência na prova de Redação, o participante deverá obter nota igual ou superior a 5,0 (cinco) pontos. Para que o candidato obtenha a Declaração Parcial do Ensino Médio na área de Linguagens e Códigos e suas Tecnologias o participante deverá atingir duas notas mínimas ao mesmo tempo: o mínimo de 100 (cem) pontos na prova objetiva assim como o mínimo de 5 (cinco) pontos na prova de redação em uma mesma edição do exame.

Como funciona o sistema de certificação do Encceja?

O Exame possibilita a emissão de dois tipos de documentos:

  • Certificado: O documento reconhece, oficialmente, que o educando cumpriu, na íntegra, todos os componentes curriculares (disciplinas) do núcleo comum do Ensino Fundamental ou Ensino Médio.
  • Declaração de Proficiência: A certificação parcial comprova que o participante conseguiu cumprir um ou mais componentes curriculares (disciplinas) nas áreas avaliadas pelo Encceja, para Ensino Fundamental ou Ensino Médio.Médio.
  • Para a certificação do Ensino Fundamental, o participante poderá solicitar o aproveitamento dos resultados de uma ou mais áreas do conhecimento, avaliadas nas edições do Encceja Nacional  de 2010 a 2014 e 2017 a 2018. Para a certificação do Ensino Médio, o participante poderá utilizar as áreas que obteve a declaração parcial do Enem de 2009 a 2016, para fins de certificação. É importante que o participante apresente a Declaração de Proficiência à Unidade Certificadora, comprovando a eliminação de um ou mais componentes curriculares (disciplinas). A Unidade Certificadora é aquela que o participante escolheu, no ato da inscrição, para buscar a declaração ou a certificação.

Quem pode participar do Exame?

Poderão participar do Encceja Nacional, Nacional PPL, Exterior e Exterior PPL, jovens e adultos que não concluíram seus estudos em idade própria, incluindo   pessoas privadas de liberdade ou jovens sob medidas socioeducativas das Unidades Prisionais ou Socioeducativas que aderiram ao Exame.

Qual é a idade mínima para pleitear a certificação?

Para pleitear a certificação, o participante deverá preencher aos seguintes requisitos:

  • Ensino Fundamental, ter no mínimo 15 (quinze) anos completos na data de realização das provas;
  • Ensino Médio, ter no mínimo 18 (dezoito) anos completos na data de realização das provas.

Os participantes emancipados não poderão solicitar a certificação por meio do Encceja, conforme parágrafo único do Art. 6º da Resolução CNE/CEB nº 03, de 15 de junho de 2010[1] (Anexo V): “O direito dos menores emancipados para os atos da vida civil não se aplica para o da prestação de Exames supletivos”.



Tags : Edições AnterioresEnccejaProvas Encceja
Elaine Galan

Autor (a) Elaine Galan

Formou-se na instituição de ensino CECA Casimiro de Abreu, autora de textos e artigos para os sites vocênoenem, vocênoencceja, Clube DETRAN e i50.

Deixe seu Comentário

avatar